A possivel vida de um cavalo de carrossel

“A possivel vida de um cavalo de carrossel

Texto escrito ao som dessa música:

E assim como na vida, segue o carrossel com seus cavalos que esperam por seguir em sua jornada. Às vezes a fila para o carrossel é grande, sobra gente e faltam cavalos… As vezes, como nas segundas, não há ninguém, apesar de sempre haver uma garotinha com vontade mas impossibilitada do passeio…..

Fico a imaginar se algum dos cavalos tivesse a sorte e coragem de se soltar daquele eterno circular e circular que o prende e visitar outros campos.

Campos verdes e de longa relva, em que o sol reflete e faz aquele mato todo parecer um grande mar que balança ao vento.

Imagine esse cavalinho envolto de lugares onde não hajam tantos espelhos e tantas luzes, onde não é observado por pessoas que aguardam os que montam no carrossel ou que simplesmente querem ver o rodar infinito, o saltitar incessante.

Lugares em que se é possível observar sobre si algo além de uma cobertura de cores sempre alegres e intercaladas, mas sim estrelas e outras cores. Lugares onde não se toque a mesma e cotidiana trilha de carrossel.

Feche os olhos, e imagine o quanto esse cavalo correria, desconhecendo e se impressionando com a capacidade de suas pernas e pulmões.

Ali, ele não correria por moedas colocadas em máquinas, nem por qualquer outro dinheiro. E mesmo cansado sorriria, se é que isso é possível a um cavalo, sempre achei que a maneira do cavalo expressar sua felicidade é fazendo coisas de cavalo….. = )

E assim, aos poucos a pintura dourada e colorida se desprenderia de seu corpo e viria a cair, e o que encontraríamos seria apenas a realidade de pelos normais de cavalo, não menos bonitos e infinitamente reais, autênticos.

E para aquele cavalo não haveria mais o aguardar, não haveria novamente a longa sucessão dos dias pelo cavaleiro que o acompanhasse e tornasse a jornada premeditada do carrossel um pouco mais interessante. Não haveria mais a tristeza de não ser escolhido, não haveria a marcha solitária e o subseqüente sentimento de espera….. nem surgiria esperança para a próxima parada – a esperança seria contínua e ilimitada;

Ali os dias seriam todos diferentes e imprevistos.

Ali o coração bateria por sentimentos e ações que valessem a pena.

Ali, fora do carrossel a vida seria vida.”

Publicado em junho 20, 2011, em Uncategorized. Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: