Carry all your thoughts across an open field…

A saudade é a nossa alma dizendo para onde ela quer voltar. Rubem Alves

Olá olá!

Tudo bem? Hope so!

HOJE no TSD:  Augustana – Boston

Trecho legal da letra:

In the light of the sun, is there anyone?
Oh it has begun…
Oh dear you look so lost…
Eyes are red and tears are shed
The world you must’ve crossed, you said
You don’t know me
You don’t even care… oh yeah
She said, you don’t know me
You don’t wear my chains… oh yeah
Yeah…

Essential and appealed…
Carry all your thoughts
Across and open field…
When flowers gaze at you…
They’re not the only ones
Who cry when they see you
You said
 
I think Im going to Boston….
 

Música recomendada para:

Se sentir saudade do que nunca se teve….

– Legal ouvir em/no:

No nascer ou por do sol… “I think I need a sunrise, I’m tired of the sunset…..” ou quando se inicia uma nova fase

-Sobre a música/banda:

Nossa gostaria de saber aonde é essa praia, quem sabe eu arrumaria um piano pra mim = )

Estava pensando sobre o fato de se ter saudade do que nunca se teve…. existe aquela frase que diz :
“Quando se ouve boa música fica-se com saudade de algo que nunca se teve e nunca se terá”. Samuel Howe
 
Mas hj pra mim,  essa saudade ganhou um significado diferente… é algo como se o meu coração conhecesse os segredos dos dias e das noites, mas ainda assim desejasse ouvir, ver……reconhecer e viver o que já sabe.
 
Como se meu coração estivesse querendo descobrir em palavras e ações aquilo que sempre conheceu…. num desejo de ver o tesouro de suas profundezas ilimitadas revelar-se diante dos olhos….
 Por isso, que o fato de “se ter saudade do que nunca se teve” se faz possivel…. pois mesmo uma coisa nunca tendo de fato ocorrido realmente na sua vida…… na sua mente, no seu coração e sonhos ela  existe… você já a teve… você já a provou de alguma forma… 
….. 
 
 
 
Bom… vai ver que tudo isso é uma perda de tempo… como naquela frase  do Neruda ‘Saudade é sentir que existe o que não existe mais…”  mas de toda forma… saudade é uma coisa bonita – que mesmo machucando nos faz valorizar a nossa existência…^^
Bom… vou me indo com a frase de Drummond e um texto supostamente do Chaplin “Também temos saudade do que não existiu, e dói bastante.”:
 

Beijoooo e hastaaaaa

^^
Sorri quando a dor te torturar
E a saudade atormentar
Os teus dias tristonhos, vazios
Sorri quando tudo terminar
Quando nada mais restar
Do teu sonho encantador
Sorri quando o sol perder a luz
E sentires como uma cruz
Sob teus ombros cansados, doloridos
Sorri, vai mentindo sua dor
E ao notar que tu sorris..
Todo mundo , inclusive você, poderá supor 
Que és feliz….

Publicado em agosto 28, 2011, em Cultura, Filosofando, Música, Música pelo mundo, Poesia e marcado como , , , , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: