I’ll love you for a thousand more

Faça da sua vida aquela louca história que você sempre quis ler.

oiii!  = P

No TSD de hoje:

Christina Perri – A thousand years

Trecho legal da letra:

Heart beats fast
Colors and promises
How to be brave
How can I love when I’m afraid to fall
But watching you stand alone
All of my doubt suddenly goes away somehow
One step closer

I have died everyday waiting for you
Darling don’t be afraid I have loved you
For a thousand years
I’ll love you for a thousand more

Música recomendada para:

Pra se sentir vivo,  acreditar que tudo vem ao seu tempo e que quando as coisas esperadas chegam (as boas e verdadeiras) são eternas!

– Legal ouvir em/no:

Dançar na sala,  do nada com aquela pessoa especial que é aquela capaz de parar o tempo.

-Sobre a música/banda:

Essa música é tão fofa… eu quando a ouvi no filme Crepusculo não dei muito valor… mas depois a ouvindo devagar peguei um carinho por ela…=)

Se vc olhar a letra ela foi inspirada realmente no filme..ter esperado vários anos por um amor, não deixar que nada estrague.. e talz.. (ps: não sou muito fã de Crepusculo but)

 Um trecho que curto  é:

“I will be brave
I will not let anything take away
What’s standing in front of me
Every breath
Every hour has come to this…”  e me lembrou do texto do filosofo Osho, me traz aquele sentimento de se viver o amor sem medo, com todo o coração:

“A palavra coragem é muito interessante. Ela vem da raiz latina cor, que significa “coração”.

Portanto, ser corajoso significa viver com o coração. E os fracos, somente os fracos, vivem com a cabeça; receosos, eles criam em torno deles uma segurança baseada na lógica. Com medo, fecham todas as janelas e portas – com teologia, conceitos, palavras, teorias – e do lado de dentro dessas portas e janelas, eles se escondem.

O caminho do coração é o caminho da coragem.

É viver na insegurança, é viver no amor e confiar, é enfrentar o desconhecido.

É deixar o passado para trás e deixar o futuro ser. Coragem é seguir trilhas perigosas. A vida é perigosa. E só os covardes podem evitar o perigo – mas aí já estão mortos.

A pessoa que está viva, realmente viva, sempre enfrentará o desconhecido. O perigo está presente, mas ela assumirá o risco. O coração está sempre pronto para enfrentar riscos; o coração é um jogador. A cabeça é um homem de negócios. Ela sempre calcula – ela é astuta. O coração nunca calcula nada …” 

Hasta outro dia! E vamos viver como se fossemos seres eternos.

Porque pra mim tudo que é nobre, grande e verdadeiro é eterno =)



Publicado em dezembro 28, 2011, em Cultura, Filosofando, Música, Música pelo mundo, Poesia, Uncategorized e marcado como , , , , , , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: