Arquivos do Blog

Please know that I’m yours to keep

“Nós somos isso….
Uma metade que busca amor e outra que finge autossuficiência 
Nessa metade que busca amor está uma imensidão de sentimentos. Está um pequeno joão-de-barro construindo sua casa.
Estamos nós. Eu e você. Pessoas que vagam pelas ruas e conhecem pessoas que buscam amores iguais ou diferentes….”

Mais  deste texto aqui – adoro esse blog ^^

Hey!

oi oi 

HOJE no TSD:  The Girl – City and Colour

Trecho legal da letra:

Hoje vai a letra inteira… de tão fofa! Reparem ^^

I wish I could do better by you,
Cos it’s that what you deserve.
You sacrifice so much of your life,
In order for this to work.

While I’m off chasing my own dreams,
Sailing around the world,
Please know that I’m yours to keep,
My beautiful girl.

And when you cry a piece of my heart dies,
Knowing that I may have been the cause,
If you were to leave, fulfill someone elses dreams,
I think I might totally be lost.

But you don’t ask for no diamond rings,
No delicate string of pearls,
That’s why I wrote this song to sing,
My beautiful girl.

Oh oh oh oh…

 Música recomendada para:
 
Morango e nutella, edredon e  chuva….  ai seu abraço cai como uma luva ^^

– Legal ouvir em/no:

Quando se sente no peito a batida suave e plena do amor =D

-Sobre a música/banda:

Eu descobri essa musica recentemente e logo curti ela… é de um  canadense que se chama Dallas Green … mas como ele num queria usar o próprio nome decidiu por  City and Colour – numa correlação com seu nome– Dallas – city, Green –   Colour.

Uma coisa que achei fofissima, além da melodia gostosaaa… é a letra-   quantas frases que gostariamos de ouvir de alguém:

“I wish I could do better by you, cos it’s that what you deserve.”

“And when you cry a piece of my heart dies…”

If you were to leave, fulfill someone elses dreams, I think I might totally be lost…”

While I’m off chasing my own dreams, sailing around the world,
please know that I’m yours to keep”

Ohhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhh =) HHAHAHHAHAHA

E assim nesse clima de sonho romântico, me vou!

Hasta outro dia Santo minha gente!

Antes de ir uma crônica que achei descrever tão bem esse sentimento tão doce 

“E penso em quão sábios foram aqueles que afirmaram que a maior religião do mundo deveria ser o amor. Porque, ao contrário das outras, o amor não tem efeito colateral. O amor cura, faz bem pra pele, cobre olheiras, aumenta a auto-estima. Mas, acima de tudo, o amor traz uma coisa que perseguimos incansavelmente e que sentimento nenhum é capaz de trazer: aquele calor no peito.

Desse calor, todo mundo fala, mas ninguém explica. Ninguém consegue explicar aquela sensação de amornamento no peito sempre que vê ou se lembra do ser amado. Sim, porque não é um calor que queima que nem o da paixão. É um calor morninho, daqueles de banho no fim do dia, de Sol das 10 da manhã. E esse calor é tão contagiante, que se espalha pelo corpo. Eis que, de repente, você quer cuidar, abraçar, acolher. E o amor é tão poderoso que se você amar com força, ele ultrapassa os limites do peito. E é aí que você sente aquele amor imenso – por tudo, por qualquer coisa….. Pelo cachorrinho na rua, com olhos pidões cruzando os seus. Pela mãe dando a mão pra filha – tão pequena, tão indefesa. Como não amar? E é aí que o amor faz mágica.
….

E então, penso que quero mais.

Quero muito mais desse amor gostoso. Quero mais da gente junto. Quero mais conchinhas. Mais cinemas. Mais cheiros no cangote. Mais enroladas na cama até tarde. Mais sextas-feiras. Mais colos depois de um dia cheio. Mais olhares e menos palavras. Mais roupas arrancadas. Mais almoços inventados. Mais beijos de boa noite. Quero mais desse desejo que não acaba, mais dessa alegria que transborda, mais desse calorzinho no peito que aquece tudo em volta.

E assim, finalizo desmentindo aquele que diz que tudo em excesso, faz mal. Esse, provavelmente, nunca sentiu o calor do amor pegando lá dentro.”

– Adaptado de Jacque Barbosa  – blog Casal Sem Vergonha =)

 

Puts on a smile and breathes it in and breathes it out…

Making my escape
Tell myself that
Everything’s in shape
But me How long can this take?
 Tell myself that
 Everything is great
Everything is great
Well how’m I doing?
…….The Great Escape – We are the Scientists

Oi-e

No TSD de hoje uma música que tenho ouvido bastante nos ultimos dias… a descobri sem querer estava ouvindo Build a Home (linda) e a vi no cantinho e o clipe chamou a atenção! Ahh que beleza… porque o que é essa voz?? O que é esse piano??

Trecho legal da letra:

Hey child, things are looking down.
That’s okay, you don’t need to win anyways.
Don’t be afraid, just eat up all the gray
and it will fade all away.
Don’t let yourself fall down.
 
Música recomendada para:

Nossa, essa música é tão bonita e triste ao mesmo tempo!! Ai caramba hahaha meu coração até dói –  me faz ter vontade de procurar o meu lugar de fuga, seja num lugar mesmo , seja em outro alguém… mas que fosse só e todo meu. É aquela música que parece trilha sonora de quando se perde e se encontra ^^

– Legal ouvir em/no:

Essa música é boa pra se ouvir só…independente da onde se esteja… como numa oração…. mas com o pensamento cheio de esperança e os olhos vislumbrando sonhos e grandiosidades….mesmo que pequenas e insignificantes sim atinge-se o grande através do pequeno…mas que valham por uma vida…=)

-Sobre a música/banda:

Essa música participou hhahaha de um episódio de Greys Anatomy e tbm foi trilha sonora do comercial abaixo hahahah que achei legal até.. tirando alguns detalhes capitalistas hahahha

Meu.. sério esse cantor é excelente! Tem uns videos dele muito feitos na coxa – tipo ele cantando no banheiro por causa da acústica.. e é lindo! procurem hahahah fica a dica ahe meu povo

O que gostei também nessa música é o sentimento tão humano que ela aborda… aquela vontade que nos dá (pelo menos uma vez na vida em circunstâncias extremadas) de fugir de tudo, fugir de você mesmo… rumo a algo melhor – sem medo, sem culpa, sem julgamentos….

Aproveito para colocar um texto que escrevi há muito tempo, que me lembrei agora ao escrever essas coisas todas….falou a escritora hahaha

“Às vezes ter pressa não adianta
Às vezes ter esperança não é o suficiente
Às vezes ter vontade não faz superar os limites….
Por isso quando o às vezes chega
É necessário fechar os olhos e imaginar o futuro
É necessário voltar ao passado e se emocionar, valorizar o vivido
É necessário compreender além do explicado
Sentir além do imaginado..
E por fim voltar a esperar, a crer, a desejar e a sentir
É abrir porém de uma nova forma, novamente os olhos.”

Hasta outro dia santo…outro dia…

Mas antes uma música de mesmo nome, totalmente duma vibe diferente – com um clipe interessante que eu curti! Eh a que a letra está lá em cima!


Se a liberdade te trair e precisar de alguém

“Vou sairr….. pra preencher um vazio no peito,

 to meio sem jeito de falaaaaaaar…..

Oi-e

No TSD de hoje uma música que eu adoooooro e que eu vim a conhecer recentemente, quando fazia aula de dança de salão!

Falamansa- Avisa

Trecho legal da letra:

Avisa, 
Se o sol brilhar de novo no horizonte….
E pode ter certeza que eu vou estar lá pra ver
Avisa
Se a liberdade te trair e precisar de alguém
Avisa

Ou se tudo correr bem e não precisar, avisa….
Parece até que o vento traz o sentimento
E nem faz questão de nos avisar

Avisa, pro vento que traz sofrimento
Que sopre pra outro lugar

Avisa pro vento que traz amor
Não vejo a hora de você chegar
 
Música recomendada para:
Pra TUDO – mas mais obviamente : dançar… pqp como eu gosto de dançar essa música… hehehehe

– Legal ouvir em/no:

Noite quente, de coração tbm quente e esperançoso para que a pessoa amada volte.

-Sobre a música/banda:

Nossa… além da batida deliciosamente deliciosa dessa música = ) que meio que sempre me faz pensar.. principalmente no comecinho, que ela seria uma ótima música para abertura de Cordel Encantado hahahahah uma coisa  que me chama atenção nela é a veracidade.

Poxa.. quem nunca saiu por ai, sem lenço sem documento, simplesmente para tentar preencher um vazio no peito?

Quem nunca chorou por alguem?….porque não sou ator…e se sentimos dor temos que chorar

Quem nunca pensou se eu cair quem é que vai me levantar?

E o mais principal.. quem nunca se colocou na posição de esperar o ser amado voltar…pedindo ao céu, ao mar, a lua…… e praticamente pediu para a própria pessoa para que avisasse:

“Se o céu brilhar de novo no horizonte… se a liberdade te trair e precisar de alguem….” ….maldita paixão, capaz de colocar uma pessoa de joelhos = ) hahahha

Bom.. pra finalizar colocarei um texto que escrevi no período que tava fazendo dança de salão…

Hasta outro dia santo… mas antes cantarei meu trecho favorito dessa música “Avisa pro vento que traz amor: não vejo a hora de você chegar”

Estou a aprender dança de salão e recentemente  tive a oportunidade de ir ao primeiro baile do iniciante hobbie.

Ao observar as danças e os casais a dançar além da admiração que surgiu, a mim tudo pareceu se assemelhar ao amor. Na dança algo se faz necessário além dos passos certos, da coreografia muitas vezes ensaiada, da musica e luz perfeita no momento da apresentação. Existe algo que não pode ser aprendido, que simplesmente não acontece facilmente e com qualquer um.

Acho que por isso talvez a dança represente tão bem a beleza de um relacionamento e é tão freqüentemente feita por casais sejam namorados, ou já casados.

No tango, por exemplo, temos a dificuldade e arrojo das passadas que se assemelham a própria vida, no sentido que os relacionamentos são sim doces porém não são fáceis; no bolero observa-se como a leveza e a sedução aos poucos toma conta do passar cotidiano; no samba e no forró tem-se a alegria dos passos cruzados, da boa sensação que dá ao se rodopiar… numa demonstração boba da felicidade e da sincronia; e por fim no zouk observa-se o real poder do condutor na dança, que parece se apossar da dama sob todas as formas, por todos os lados……Em alguns momentos chega até a ser assustador o controle do cavalheiro sobre a parceira e a forma com que os dois interagem faz parecer que ambos estão em um universo paralelo. E quantas vezes não vimos por ai casais que se consomem, se controlam, profundamente?

Retomando o pensamento que existe algo que não acontece facilmente e com qualquer um, é aquele sentimento de pertencimento, de encaixe, de ter encontrado o seu lugar no salão da vida.

E nessa hora, esse sentimento é completo, se expressa no olhar, na pressão exercida pelas mãos e braços, no suporte dado, na sincronia de pensamentos e sentidos, na antevisão dos atos, no contato com o corpo, nas ações que se revelam nos detalhes e que não precisam ser ditos..

E assim, sem esses pormenores a dança não se completa, não magnetiza os olhos, não faz bater o coração;

Acho que todos em algum momento da vida se encontram a procura de alguém capaz de nos deixar livres na pista, que torne o tempo imperceptível, a musica sempre propícia a tudo, num envolver que se sobressaia ao cansaço, e que ao mesmo tempo que faz correr o sangue na veia, acalma o coração.