Arquivos do Blog

This city is for strangers, like the sky is for the stars

 “Só há um tipo de amor que dura, o não correspondido..”
-Woody Allen

Heyyyyyyy

Estive com dificuldades de encontrar musicas que mexam comigo recentemente, mas essa de alguma forma trouxe de volta o espírito todo santo dia de volta =D

Tudo bem com você?

NO TSD de hoje:

Gray or Blue – Jaymay

Trecho legal da letra:

And I know the shape of your hands, because I watch ‘em when you talk
And I know the shape of your body ‘cause I watch it when you walk
And I want to know it all, but I’m giving you the lead
So go on, go on and take it, don’t fake it, shake it

 

Música recomendada para:

Se ouvir caso você tenha uma queda por alguém hahahahahha
Recomendo com fone de ouvido (fica ainda mais gostoso de se ouvir os instrumentos delicadamente entrando, os pequenos detalhes dos sons), deitada na cama ou em algum lugar confortável. É daquele tipo de música que não se sente o tempo passar…e que pode dar um replay sem enjoar

– Legal ouvir em/no:

Lugares calmos, em que você possa estar aberto para pensar na sua vida. Ou enquanto espera pacientemente aquele alguem pelo qual vc tem uma queda  te dar uma chance.

-Sobre a música/banda:

Essa musica encontrei através do compartilhamento de um amigo (Valeu Dieguito!) e por isso que eu amo quando as pessoas compartilham as coisas! =D

Me fez encontrar essa doce belezinha…

Não pude encontrar nada de muito interessante pra falar a nivel de info sobre a musica e quanto a cantora ela é da nova geração do indie nova iorquino ^^
 
Uma coisa que me chamou atenção de uma maneira geral foi a letra- parece retirada de uma folha de diário ^^
Sabe aquele tipo de letra que pode se encaixar na vida de qualquer um… ou que poderia acontecer?
…pois é, ela traz coisas do dia a dia de uma maneira muito próxima, simples e pessoal.
 
Conta a historia de alguem, que está com outro alguém mas quem ela realmente quer também tem um outro alguém.
O tão conhecido amor não correspondido
E isso é triste =/
 
“I can’t keep staring at your mouth without wondering how it tastes
I’m with another boy; he’s asleep, I’m wide awake
And he tried to win my heart, but it’s taken time..”
 
É aquela historia na qual se tenta preencher uma pessoa com outra.
É aquela história na qual parece que só se seria feliz com aquela pessoa, mesmo namorando alguém legal, alguem mais bonito, mais inteligente,  mais tudo… você ainda trocaria tudo isso pela outra pessoa.
E ai você encontra a pessoa dos seus desejos e  fica maginando o gosto da boca dela.  E olha pra ela e sabe o jeito das mãos e do corpo…oh god why?
 
Muito triste amor não correspondido… mas a lição que sempre tentei tirar dos meus amores não correspondidos – é triste de acreditar e aceitar, mas alguém melhor te espera =)
Mas é claro, que no fundo de alguma forma sempre fica aquela sensação de “como seria se tivesse acontecido”, mas que deve ser tratato como tudo na vida, que é assim mesmo…ao escolher uma qualquer coisa, se perde uma outra com  resultados e caminhos que nunca saberemos!
 
E você? Como lida ou lidou com isso?
 

Hasta outro dia santo!

Beijoooo

Pra terminar um texto (meio exagerado confesso hahahahah) que tinha escrito um tempão atrás e que esse papo me lembrou dele! Foi feito para um amor não correspondido e muito sonhado, e hoje superado =)

 “Queria poder te dar meu sorriso inteiro,  ou talvez meu olhar mais profundo.
Queria poder te falar ao ouvido coisas que eu nem sei,
mas que ás vezes preenchem e iluminam os segundos.
Queria poder olhar o céu ao seu lado
e agradecer pelo não saber que nos rodeia
e que torna até o sabido desconhecido algo
digno de respeito e admiração, mesmo que não se conheça de fato…
mesmo que não haja explicação…
Poder enfim te fazer perceber que há algo maior que a vida
e que isso se demonstra quando os olhos se encontram.
E te tocar com um sentimento,  te mostrar com um beijo
te abrir a mente  e o seu coração com os olhos fechados…”

 

Oh, who believes in fate anyway?

As pessoas entram em nossa vida por acaso, mas não é por acaso que elas permanecem.
Lilian Tonet

Oiiiiii

No TSD de hoje um a música que estou viciada.

Poxa.. eu tenho estado com muita vontade de vir aqui escrever algo.. mas estão me faltando boas músicas para isso,

e agora que finalmente encontrei uma que toca o meu coração – cá estou.

NO TSD de hoje: 

Snakes And Ladders – Basia Bulat

Trecho legal da letra:

When only you could be the one
to win out over me,
when it isn’t just a game. It’s the way we come undone.
What a perfect taxi town. How we dance around and,
oh oh, like we didn’t even notice, oh oh oh.
I love the way we come undone

Música recomendada para:

Ai… essa música ao mesmo tempo que tem um ritmo até dançante, me passa um fundo triste. Então acho que
recomenda-se para quando vc está meio triste mas tentando reagir.

– Legal ouvir em/no:

Dançar no quarto… ou para ouvir num dia ensolarado enquanto caminha pela grama.

-Sobre a música/banda:

Eu não conhecia essa cantora canadense, foi indicação de uma amiga (Obrigada Claudia Resende) mas to pra te falar que ela tem potencial para ganhar meu coração. ^^

Estava vendo outras músicas dela e ela é me lembra bastante Beirut, (<- vale ouvir essa tbm) um Beirut de saia e com menos instrumentos, mas Beirut … embora ela não seja inteiramente folk.

Achei interessante o lance do “Snakes and Ladders”… (Cobras e escadas) me passou uma idéia daquela tentativa que às vezes temos de tentar resistir a uma pessoa irresistivel….isso já aconteceu com vc?

Fiquei imaginando.. ainda mais depois de saber que existe mesmo esse joguinho de Serpentes e escadas e sei lá é como se num local existisse uma cobra rastejando pelo chão… e obviamente uma escada hahaha… caso haja medo, ou a impossibilidade de enfrentar a cobra – tudo o que te restará é subir a escada.

A principio pode resolver, mas uma hora você vai ter que descer… enfrentar… ou pode ser que a cobra decida por subir….

E assim…. vai se vivendo o tal jogo de amor que ela cita na música. 

Mas num sei.. sinto um certo medinho da “personagem”…parece que é como se ela sentisse que finalmente encontrou aquela  pessoa que ao mesmo tempo te atrai e te assusta…Atrai porque é capaz de jogar o seu jogo e assusta, porque ela pode vencer o jogo que você insiste em jogar…e que pensa em vencer sempre.

Enfim!

Essa é a impressão que tenho dessa letra.

=) to viajando neh? =D hahahhaha mas realmente queria saber o que ela tinha em mente!

Hasta outro dia santo!

Beijoooo

Pra terminar uma frase: “O amor é o único jogo no qual dois podem jogar e ambos ganharem.” 
(Erma Freesman)


Please know that I’m yours to keep

“Nós somos isso….
Uma metade que busca amor e outra que finge autossuficiência 
Nessa metade que busca amor está uma imensidão de sentimentos. Está um pequeno joão-de-barro construindo sua casa.
Estamos nós. Eu e você. Pessoas que vagam pelas ruas e conhecem pessoas que buscam amores iguais ou diferentes….”

Mais  deste texto aqui – adoro esse blog ^^

Hey!

oi oi 

HOJE no TSD:  The Girl – City and Colour

Trecho legal da letra:

Hoje vai a letra inteira… de tão fofa! Reparem ^^

I wish I could do better by you,
Cos it’s that what you deserve.
You sacrifice so much of your life,
In order for this to work.

While I’m off chasing my own dreams,
Sailing around the world,
Please know that I’m yours to keep,
My beautiful girl.

And when you cry a piece of my heart dies,
Knowing that I may have been the cause,
If you were to leave, fulfill someone elses dreams,
I think I might totally be lost.

But you don’t ask for no diamond rings,
No delicate string of pearls,
That’s why I wrote this song to sing,
My beautiful girl.

Oh oh oh oh…

 Música recomendada para:
 
Morango e nutella, edredon e  chuva….  ai seu abraço cai como uma luva ^^

– Legal ouvir em/no:

Quando se sente no peito a batida suave e plena do amor =D

-Sobre a música/banda:

Eu descobri essa musica recentemente e logo curti ela… é de um  canadense que se chama Dallas Green … mas como ele num queria usar o próprio nome decidiu por  City and Colour – numa correlação com seu nome– Dallas – city, Green –   Colour.

Uma coisa que achei fofissima, além da melodia gostosaaa… é a letra-   quantas frases que gostariamos de ouvir de alguém:

“I wish I could do better by you, cos it’s that what you deserve.”

“And when you cry a piece of my heart dies…”

If you were to leave, fulfill someone elses dreams, I think I might totally be lost…”

While I’m off chasing my own dreams, sailing around the world,
please know that I’m yours to keep”

Ohhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhh =) HHAHAHHAHAHA

E assim nesse clima de sonho romântico, me vou!

Hasta outro dia Santo minha gente!

Antes de ir uma crônica que achei descrever tão bem esse sentimento tão doce 

“E penso em quão sábios foram aqueles que afirmaram que a maior religião do mundo deveria ser o amor. Porque, ao contrário das outras, o amor não tem efeito colateral. O amor cura, faz bem pra pele, cobre olheiras, aumenta a auto-estima. Mas, acima de tudo, o amor traz uma coisa que perseguimos incansavelmente e que sentimento nenhum é capaz de trazer: aquele calor no peito.

Desse calor, todo mundo fala, mas ninguém explica. Ninguém consegue explicar aquela sensação de amornamento no peito sempre que vê ou se lembra do ser amado. Sim, porque não é um calor que queima que nem o da paixão. É um calor morninho, daqueles de banho no fim do dia, de Sol das 10 da manhã. E esse calor é tão contagiante, que se espalha pelo corpo. Eis que, de repente, você quer cuidar, abraçar, acolher. E o amor é tão poderoso que se você amar com força, ele ultrapassa os limites do peito. E é aí que você sente aquele amor imenso – por tudo, por qualquer coisa….. Pelo cachorrinho na rua, com olhos pidões cruzando os seus. Pela mãe dando a mão pra filha – tão pequena, tão indefesa. Como não amar? E é aí que o amor faz mágica.
….

E então, penso que quero mais.

Quero muito mais desse amor gostoso. Quero mais da gente junto. Quero mais conchinhas. Mais cinemas. Mais cheiros no cangote. Mais enroladas na cama até tarde. Mais sextas-feiras. Mais colos depois de um dia cheio. Mais olhares e menos palavras. Mais roupas arrancadas. Mais almoços inventados. Mais beijos de boa noite. Quero mais desse desejo que não acaba, mais dessa alegria que transborda, mais desse calorzinho no peito que aquece tudo em volta.

E assim, finalizo desmentindo aquele que diz que tudo em excesso, faz mal. Esse, provavelmente, nunca sentiu o calor do amor pegando lá dentro.”

– Adaptado de Jacque Barbosa  – blog Casal Sem Vergonha =)

 

When i kissed you in the hallway

‎”Falar é completamente fácil,
quando se têm palavras em mente
que expressem sua opinião.
Difícil é expressar por gestos e atitudes
o que realmente queremos dizer,
o quanto queremos dizer,
antes que a pessoa se vá.”

Carlos Drummond de Andrade

Hallo

E ai como anda a sua vida?

HOJE no TSD:  Rewind – Paolo Nutini

Trecho legal da letra:

And I’m drinking stronger spirits
I made my home here on the floor
And I’m losing all ambition and goals
And i’m going all out
And i’m thinking you’re just as bad
 
No sleeping at night

But I’m going from bar to bar……………


 Música recomendada para:
 
Sentir saudade, sofrer por um amor antigo ou novo…. sentir o coração palpitar, e ficar enrolando na cama até o sono chegar.

– Legal ouvir em/no:

Essa música é boa pra ouvir antes de dormir, pensando sobre as coisas que temos em nossas vidas – não iPads, celulares, dinheiros hahaha… mas realmente aquelas coisas sem preço, aquelas coisas sem explicação, ou que não podemos simplesmente entender porque acontece com a gente. 

“Se procurar bem você acaba encontrando.
Não a explicação (duvidosa) da vida,
Mas a poesia (inexplicável) da vida.”

Carlos Drummond de Andrade

-Sobre a música/banda:

Essa música faz parte da trilha sonora do filme PS I love you…e eu como fã do Paolo Nutini não poderia deixar de gostar ^^ 

O trecho que eu mais gosto nessa música é :

No sleeping at night
But I’m going from bar to bar
Or can we just rewind?*
*traduzindo voltar, rebobinar…:
 
– Por que não podemos voltar atrás? 
– Por que não podemos voltar atrás?
– Por que não podemos voltar atrás?

E é  muito triste e doloroso ter esse tipo de sentimento…. e acho que ele expressa isso tão bem nessa música ^^

Hasta outro dia Santo minha gente!

Pra terminar uma música de mesmo nome, mas totalmente diferente…

mas como o intuito é conhecer musicas novas, tamo ahe =)

You say you don’t want to know where this road goes

‘Eu te escolhi.
Outros me olhavam, outros pareciam talvez
até um pouco mais interessantes, mas eu escolhi você.
Que esquisito, eu já havia escolhido outros outras vezes.
Dessa vez tudo foi diferente, dessa vez não era tão simples assim,
dessa vez havia um diferencial tão complexo:
você me escolheu também.”
Maria Clara Machado

Como vai você?

HOJE no TSD:  Where our destination lies – Ben Gibbard

Trecho legal da letra:

You say you don’t want to know where this road goes
as you follow its twist and its turns
if i’m gonna be someone equally free
there are things that i must unlearn
i’d say it’s safe to sunrise there’ll be storms at times
cause you’re a wind so blustery and cold
and down our cheeks the rain will fall in sheets
‘til the sun warms us both

 

Música recomendada para:

Comer o  restante da massa de bolo, com o dedo…. olhar pela janela em dia de chuva, beijar alguém com carinho e lentamente ^^

– Legal ouvir em/no:

Tem cara de final de tarde, de raios de sol… em tardes de domigo amenas e cheirosas

-Sobre a música/banda:

Essa música foi indicada a mim pela minha mãe – ela assistia um filme chamado Artur e disse que pensou essa ser uma boa musica para o TSDM ^^

Bom, não consegui encontrar nada em especial sobre essa música, mas o fato que esse cantor é meio famosinho pela aquela Banda Death Cab for a Cutie – que fez parte da trilha sonora de Crepusculo e talz… enfim =) Música deles mais para baixo ^^

Sobre a letra, uma coisa que curti nessa música é a letra- relação que ela tem com a questão de relacionamentos… pois afinal quando começamos um, não se faz possível saber  a qual caminhos ele nos levará, e muito menos qual será o destino final..

É interessante e no mínimo curioso ver o desenrolar dessas histórias estradas…

Algumas chegam rapidamente com poucas lombadas e curvas ao final dito feliz.

Outras começam bem mas terminam sem nenhuma placa de aviso prévio na estrada… sem nenhuma advertência a estrada simplesmente chega ao fim….ou a uma rua sem saída.

Enquanto outras parecem logo de cara serem de terra e esburacadas, com tempestades e neblina no caminho. Podendo ser de finais felizes ou não….

Ai ai .. quanta reflexão ^^

A unica certeza é que as estradas nos levam sempre  a algum lugar…não diga? hahaha ah vá! e nesse percorrer o que se aprende, ganha, descobre é muito mais importante na maioria dos casos que o destino final.  

Como diz aquela  frase… mais importante que a chegada é o caminhar….

E assim vamos indo, a espera do dia de amanhã

Beijoooo e hastaaaaa


Oh bring me…..your sweet kiss, darlin

I wanna give her all my love
My life, my heart
And please her

Oie pra você  ^^

No TSD de hoje uma música muiiiito antiga…mas quente, uma musica para o verão! Uauuu que bicha isso hahahaha

Olodum – I miss her

PS: Senhor Pedro Paiva Lemos, valeu pelo incentivo! ^^

Trecho legal da letra:

Oh lord
I’d like to know where she is now
If she thinks about me or not
Oh not, Oh lord
I wanna give her all my love
My life, my heart
And please her

I wonder if I’m right?
Or must I try to forget her?

Be near me, darling
I miss you darling
Oh bring me, darling
Your sweet kiss, darling

Música recomendada para:

Sentir saudade, viajar, verão e pra cantar e dar uma dançadinha…eh olodum neh?

– Legal ouvir em/no:

Dias quentes, aqui em casa todo o churrasco e viagem tem essa música…. =)

-Sobre a música/banda:

Essa música ficou mais famosinha ehhh num sei se ficooooooooou famosinha hahahahah, mas acho que pelo menos conhecida no seriado “Ó pai ó” da Globo.

Essa música é do Lázaro Negrume, vocal do Olodum há mucho tiempo – ano de 1988 é a data de lançamento dessa música, e lembro que minha mãe dizia que na época foi uma das músicas de maior sucesso do Olodum.

Ai lá pros quase anos 2000…pra vc ver, eu tinha um pedaço curto dela numa fita… êêê veice, hahaha que ficava repetindo o tempo inteiro, aí com a maravilha da web, estamos a ouvindo de buenas! E inclusive inteira no meu caso  hahahaTcharam! Alegria! Thanks Gates! hehe

A questão é que …… deixando esse meu bláblá sem noção de lado

após enfrentar problemas com drogas e com dores, Lázaro converteu-se ao evangelho, tornando-se o Irmão Lázaro…. Aí advinhaaaa? A faixa de maior destaque do seu projeto gospel é Eu Sou de Jesus, versão de I Miss Her, a canção que o consagrou no Olodum.

Meio bizarro…meio? mas fé é fé, e assim como o Rodolfo foi uma digamos assim “perda” musical… quem sou eu pra julgar? =/

Beijos e hastaaaa

Pra combinar com o tema convertidos de hoje, finalizo com um clássico do Raimundos =)

Eu já escuto os teus sinais…

Hoje você vem, dizia Hoje você vem, dizia.... 

Olá!

Como anda a vida?

Espero que bem! Hoje uma musiquinha que me embalou na noite passada!

Eu nunca tinha dado muito valor a ela – confesso que nem sabia quem a cantava, mas me lembro de já tê-la ouvido anteriormente e gostado, principalmente por ser assim, tão dançante!

Ai fui procurar direitinho e cá estamos! = D

NO TSD de hoje: Anunciação – Alceu Valença

Trecho legal da letra:

Na bruma leve das paixões
Que vêm de dentro
Tu vens chegando
Prá brincar no meu quintal
No teu cavalo
Peito nu, cabelo ao vento
E o sol quarando
Nossas roupas no varal…

Tu vens, tu vens
Eu já escuto os teus sinais
Tu vens, tu vens
Eu já escuto os teus sinais…

A voz do anjo
Sussurrou no meu ouvido
Eu não duvido
Já escuto os teus sinais
Que tu virias
Numa manhã de domingo
Eu te anuncio
Nos sinos das catedrais…

Música recomendada para:

Essa musica não sei porque me lembra Mulheres de Areia hahaha
Eu acho que ela tem um ar quente, uma cara de viagem ao Nordeste… não sei se alguma vez já tiveste a oportunidade de viajar pra lá….mas posso dizer que é uma atmosfera tão diferente! Me lembro que quando fui achei lá um misto de doçura ao mesmo tempo que também de alguma forma me pareceu selvagem,  talvez a melhor palavra seja simples… ahhh caramba tá dificil.. tá meio inenarrável   = D hahaha….  Não é selvagem e simples de uma maneira ruim- nem pense nisso- mas como se o relógio andasse diferente e o céu fosse mais azul hahahahha ahhh hahahaha não consegui definir!

– Legal ouvir em/no:

Nas dunas, perto da praia… ou ainda com vento no rosto… me lembra passeio de bug hahahahah e meuuu,  pareço que posso sentir na boca o gosto da adocicado da água de coco! ôoooo clichê pra vc hahahah

-Sobre a música/banda:

Alceu Paiva Valença – Nasceu no interior de Pernambuco, nos limites do sertão com o agreste. Foi influenciado por maracatus, cocos e repentes de viola, e se destacou por utilizar a guitarra com baixo elétrico e, mais tarde, com o sintetizador eletrônico nas suas canções. Já ouvi muita gente dizer que curte ele, e eu sempre me senti mal porque a unica musica que me lembrava quando ouvia falar nele era Morena Tropicana… hahaha, aquele clássico do KaraoKê que eu aposto que todo mundo alguma vez na vida já cantou = D 

Uma das coisas que mais gostei nessa música foi além da batidinha mega lembra lambada hahaha  a letra!

Alguns trechos fofos:

Na bruma leve das paixões que vem de dentro….

……..tu vem chegando pra brincar no meu quintal… 

…A voz do anjo sussurrou no meu ouvido…

Eu não duvido já escuto teus sinais = D

Ahh um amor não é?

Bom, pesquisando sobre essa música encontrei algumas citações e até uma tese da PUC que fazia a interpretação dessa música com analise religiosa.

Achei interessante o artigo, além do cunho religioso de interpretação comentou-se que a poesia talvez pudesse fazer referência ao sonho de chegada do tempo de liberdade, visto que a poesia foi composta no tempo do governo militar no Brasil… daí então a pessoa (Tu vens, tu vens..) seria nada mais, nada a menos que nossa amiga Liberdade, o que faz bastante sentido! ^^ mas eu gosto de pensar que é o ser amado tbm = D

E assim nos vamos, rumo adiante nessa sexta-feira. Pra fechar o espaço “textos” hoje,  dois poetas nordestinos dos quais curti os poemas = D beijo y……(ahhh segue tbm o cover meigo do Vitor e Leo)

 

 Hasta la vista, babe!

FLOR DE JUNHO – RUY ESPINHEIRA FILHO (Bahia)

Tua lembrança nasce em mim, digamos, 
como uma flor de junho: úmida, fria,
curvada ao vento e à melancolia
do que vivemos. Mais: do que deixamos

de viver (penso nisto, assim, digamos,
mordido de remorsos). Quem diria
que viria tão rápido este dia
em que eu veria que passei, passamos?

Flor de junho … Essa história, outras histórias,
por quanto ainda, assim, dessas memórias
suportarei? E o corvo Nunca Mais

me pousa no ombro. E, vendo a comoção
lavrando-me, me afaga e me diz: “Não
há de ser nada – amanhã tem mais.”

SONETO DO AMOR IMEDIATO – Silvio Romero (Pernambuco)

Ao lado pus meu sono inerte
Pois que te entrego a minha sorte
Suave como um longo flerte
Inesperada e breve como a morte

Entusiasmado de amor e encanto
Ao vento teço meu condão azul
Espalho riso sobre o escasso pranto
E me consolas sobre o mar do sul

Avaro entanto de algo mais doce
Néctar verde luz – luz espacial
Derramo água como leite fosse

Sobre teu sonho vão nupcial
Agora cai o sol azul da tarde
Melhor amar que ser covarde.


Carry all your thoughts across an open field…

A saudade é a nossa alma dizendo para onde ela quer voltar. Rubem Alves

Olá olá!

Tudo bem? Hope so!

HOJE no TSD:  Augustana – Boston

Trecho legal da letra:

In the light of the sun, is there anyone?
Oh it has begun…
Oh dear you look so lost…
Eyes are red and tears are shed
The world you must’ve crossed, you said
You don’t know me
You don’t even care… oh yeah
She said, you don’t know me
You don’t wear my chains… oh yeah
Yeah…

Essential and appealed…
Carry all your thoughts
Across and open field…
When flowers gaze at you…
They’re not the only ones
Who cry when they see you
You said
 
I think Im going to Boston….
 

Música recomendada para:

Se sentir saudade do que nunca se teve….

– Legal ouvir em/no:

No nascer ou por do sol… “I think I need a sunrise, I’m tired of the sunset…..” ou quando se inicia uma nova fase

-Sobre a música/banda:

Nossa gostaria de saber aonde é essa praia, quem sabe eu arrumaria um piano pra mim = )

Estava pensando sobre o fato de se ter saudade do que nunca se teve…. existe aquela frase que diz :
“Quando se ouve boa música fica-se com saudade de algo que nunca se teve e nunca se terá”. Samuel Howe
 
Mas hj pra mim,  essa saudade ganhou um significado diferente… é algo como se o meu coração conhecesse os segredos dos dias e das noites, mas ainda assim desejasse ouvir, ver……reconhecer e viver o que já sabe.
 
Como se meu coração estivesse querendo descobrir em palavras e ações aquilo que sempre conheceu…. num desejo de ver o tesouro de suas profundezas ilimitadas revelar-se diante dos olhos….
 Por isso, que o fato de “se ter saudade do que nunca se teve” se faz possivel…. pois mesmo uma coisa nunca tendo de fato ocorrido realmente na sua vida…… na sua mente, no seu coração e sonhos ela  existe… você já a teve… você já a provou de alguma forma… 
….. 
 
 
 
Bom… vai ver que tudo isso é uma perda de tempo… como naquela frase  do Neruda ‘Saudade é sentir que existe o que não existe mais…”  mas de toda forma… saudade é uma coisa bonita – que mesmo machucando nos faz valorizar a nossa existência…^^
Bom… vou me indo com a frase de Drummond e um texto supostamente do Chaplin “Também temos saudade do que não existiu, e dói bastante.”:
 

Beijoooo e hastaaaaa

^^
Sorri quando a dor te torturar
E a saudade atormentar
Os teus dias tristonhos, vazios
Sorri quando tudo terminar
Quando nada mais restar
Do teu sonho encantador
Sorri quando o sol perder a luz
E sentires como uma cruz
Sob teus ombros cansados, doloridos
Sorri, vai mentindo sua dor
E ao notar que tu sorris..
Todo mundo , inclusive você, poderá supor 
Que és feliz….

We sure are cute for two ugly people

Oie pra você que já ficou bobo por amor ^^

No TSD de hoje uma música muiiiito bobinha… mas tão fofa hehe

The Moldy Peaches – Anyone else but you

Trecho legal da letra:

You’re a part time lover and a full time friend
The monkey on you’re back is the latest trend
I don’t see what anyone can see, in anyone else
But you

I kiss you on the brain in the shadow of a train
I kiss you all starry eyed, my body’s swinging from
side to side
I don’t see what anyone can see, in anyone else
But you

Here is the church and here is the steeple
We sure are cute for two ugly people
I don’t see what anyone can see, in anyone else
But you

The pebbles forgive me, the trees forgive me
So why can’t, you forgive me?
I don’t see what anyone can see, in anyone else
But you

Música recomendada para:

Viver um amor bobo, mas doce. E tbm tem cara de música que se canta para nenem dormir..

– Legal ouvir em/no:

Antes de dormir… . ou ainda em Mostra de Talentos, ou qualquer viagem pra praia. = )

-Sobre a música/banda:

Essa música ficou famosa no filme Juno… numa cena muito fofa que os dois personagens principais cantam.

Eu não tive a oportunidade de assistir ainda esse filme… mas dizem que é muito legal… e mesmo que tivessem dito o contrário eu veria..porque pra um filme ter uma musica bobinha e bonitinha dessa, não pode ser um mau filme = D

E assim vou me despedindo.. mas antes um texto da Clarice sobre essas coisas .. de ser bobo e tudo o mais  ^^

Beijos e hastaaaa

Das Vantagens de ser Bobo

 O bobo, por não se ocupar com ambições, tem tempo para ver, ouvir e tocar o mundo. O bobo é capaz de ficar sentado quase sem se mexer por duas horas. Se perguntado por que não faz alguma coisa, responde: “Estou fazendo. Estou pensando.”

Ser bobo às vezes oferece um mundo de saída porque os espertos só se lembram de sair por meio da esperteza, e o bobo tem originalidade, espontaneamente lhe vem a idéia.
O bobo tem oportunidade de ver coisas que os espertos não vêem. Os espertos estão sempre tão atentos às espertezas alheias que se descontraem diante dos bobos, e estes os vêem como simples pessoas humanas. O bobo ganha utilidade e sabedoria para viver. O bobo nunca parece ter tido vez. No entanto, muitas vezes, o bobo é um Dostoievski.
Há desvantagem, obviamente. Uma boba, por exemplo, confiou na palavra de um desconhecido para a compra de um ar refrigerado de segunda mão: ele disse que o aparelho era novo, praticamente sem uso porque se mudara para a Gávea onde é fresco. Vai a boba e compra o aparelho sem vê-lo sequer. Resultado: não funciona. Chamado um técnico, a opinião deste era de que o aparelho estava tão estragado que o conserto seria caríssimo: mais valia comprar outro. Mas, em contrapartida, a vantagem de ser bobo é ter boa-fé, não desconfiar, e portanto estar tranqüilo. Enquanto o esperto não dorme à noite com medo de ser ludibriado. O esperto vence com úlcera no estômago. O bobo não percebe que venceu.
Aviso: não confundir bobos com burros. Desvantagem: pode receber uma punhalada de quem menos espera. É uma das tristezas que o bobo não prevê. César terminou dizendo a célebre frase: “Até tu, Brutus?”
Bobo não reclama. Em compensação, como exclama!
Os bobos, com todas as suas palhaçadas, devem estar todos no céu. Se Cristo tivesse sido esperto não teria morrido na cruz.
O bobo é sempre tão simpático que há espertos que se fazem passar por bobos. Ser bobo é uma criatividade e, como toda criação, é difícil. Por isso é que os espertos não conseguem passar por bobos. Os espertos ganham dos outros. Em compensação os bobos ganham a vida. Bem-aventurados os bobos porque sabem sem que ninguém desconfie. Aliás não se importam que saibam que eles sabem.
Há lugares que facilitam mais as pessoas serem bobas (não confundir bobo com burro, com tolo, com fútil). Minas Gerais, por exemplo, facilita ser bobo. Ah, quantos perdem por não nascer em Minas!
Bobo é Chagall, que põe vaca no espaço, voando por cima das casas. É quase impossível evitar excesso de amor que o bobo provoca. É que só o bobo é capaz de excesso de amor. E só o amor faz o bobo.

Clarice Lispector

It melts in the sun like a life without love

Saudações

O TSD de hoje surge com uma música mtooo antiga, mas que curto bastante…e que nunca vi tocar em nenhuuum lugar, nem nunca vi ninguém falar que curte…#medo

…embora tenha cara de modinha hahahhaha

Without you – Silverchair

Trecho legal  da letra:

Miles Away
There’s hopeless smiles brighter than mine
And I need for you to come and go
Without the truth falling out.

Old incisions refusing to stay
Like sun through the trees on a cloudy day

You brighten my life like a polystyrene hat
But it melts in the sun like a life without love
And I’ve waited for you so I’ll keep holding on
Without You

– Música recomendada para:

fazer aquele remember das coisas boas da sua vida…. e pensar que sempre existe alguem sofrendo por amor all around this fucking globe = )

– Legal ouvir em/no:

Andando na rua

-Sobre a música/banda:

Bom.. num tenho muito a comentar sobre essa música.. não sei de nada interessante sobre ela, a não ser que ela preenche um lugar legal entre as minhas músicas. Já sobre a banda.. quem não se lembra do Cláaaaaaaaaassico Miss you love – música essa tbm que desde que foi tema de Malhação fez a trilha de mtos casaisinhos adolescentes ^^

Mantendo esse climinha leve no ar, termino esse TSD de hoje, a espera mais uma vez do TSD de amanhã! Termino tbm com um textinho que escrevi no período que curtia essas músicas aí, sobre como identificar o amor ^^ ohhhh…

Ahhh a juventude…

Ahhh esses textos bobinhos que escrevíamos quando jovens, em nossos diários com chavinha hahahaha

Ahhhh essa vergonha alheia quando o encontramos e relemos hahahahah

beijo beijo e hasta

“Às vezes não sabemos o que sentimos, porque nunca sentimos antes.
Devemos sempre buscar dentro de nós alguma resposta.
Tentar agir sempre sem temer o que os outros pensarão, sendo confiante na hora de encarar o sentimento nos olhos….
E isso deverá ser tudo o que desejas, encontrar aquele sentimento de novo.
Não pensear no que fazer, no que dizer… tudo será natural como respirar – que é natural e indispensável…. assim espere que lhe seja o amor.
Quando o encontrar não pensarás em mais ninguém.. não pensarás em quem magoaste, em quem um dia já te magoou.
Não haverá no seu coração buracos, e não haverá dor na cicatrização… a partir daí ele não vazará mais ao ser preenchido e poderá finalmente bater com toda a força, sem receio… sem dor. 
E desta forma saberás como seguir.. saberás que a hora chegou.”