Arquivos do Blog

This city is for strangers, like the sky is for the stars

 “Só há um tipo de amor que dura, o não correspondido..”
-Woody Allen

Heyyyyyyy

Estive com dificuldades de encontrar musicas que mexam comigo recentemente, mas essa de alguma forma trouxe de volta o espírito todo santo dia de volta =D

Tudo bem com você?

NO TSD de hoje:

Gray or Blue – Jaymay

Trecho legal da letra:

And I know the shape of your hands, because I watch ‘em when you talk
And I know the shape of your body ‘cause I watch it when you walk
And I want to know it all, but I’m giving you the lead
So go on, go on and take it, don’t fake it, shake it

 

Música recomendada para:

Se ouvir caso você tenha uma queda por alguém hahahahahha
Recomendo com fone de ouvido (fica ainda mais gostoso de se ouvir os instrumentos delicadamente entrando, os pequenos detalhes dos sons), deitada na cama ou em algum lugar confortável. É daquele tipo de música que não se sente o tempo passar…e que pode dar um replay sem enjoar

– Legal ouvir em/no:

Lugares calmos, em que você possa estar aberto para pensar na sua vida. Ou enquanto espera pacientemente aquele alguem pelo qual vc tem uma queda  te dar uma chance.

-Sobre a música/banda:

Essa musica encontrei através do compartilhamento de um amigo (Valeu Dieguito!) e por isso que eu amo quando as pessoas compartilham as coisas! =D

Me fez encontrar essa doce belezinha…

Não pude encontrar nada de muito interessante pra falar a nivel de info sobre a musica e quanto a cantora ela é da nova geração do indie nova iorquino ^^
 
Uma coisa que me chamou atenção de uma maneira geral foi a letra- parece retirada de uma folha de diário ^^
Sabe aquele tipo de letra que pode se encaixar na vida de qualquer um… ou que poderia acontecer?
…pois é, ela traz coisas do dia a dia de uma maneira muito próxima, simples e pessoal.
 
Conta a historia de alguem, que está com outro alguém mas quem ela realmente quer também tem um outro alguém.
O tão conhecido amor não correspondido
E isso é triste =/
 
“I can’t keep staring at your mouth without wondering how it tastes
I’m with another boy; he’s asleep, I’m wide awake
And he tried to win my heart, but it’s taken time..”
 
É aquela historia na qual se tenta preencher uma pessoa com outra.
É aquela história na qual parece que só se seria feliz com aquela pessoa, mesmo namorando alguém legal, alguem mais bonito, mais inteligente,  mais tudo… você ainda trocaria tudo isso pela outra pessoa.
E ai você encontra a pessoa dos seus desejos e  fica maginando o gosto da boca dela.  E olha pra ela e sabe o jeito das mãos e do corpo…oh god why?
 
Muito triste amor não correspondido… mas a lição que sempre tentei tirar dos meus amores não correspondidos – é triste de acreditar e aceitar, mas alguém melhor te espera =)
Mas é claro, que no fundo de alguma forma sempre fica aquela sensação de “como seria se tivesse acontecido”, mas que deve ser tratato como tudo na vida, que é assim mesmo…ao escolher uma qualquer coisa, se perde uma outra com  resultados e caminhos que nunca saberemos!
 
E você? Como lida ou lidou com isso?
 

Hasta outro dia santo!

Beijoooo

Pra terminar um texto (meio exagerado confesso hahahahah) que tinha escrito um tempão atrás e que esse papo me lembrou dele! Foi feito para um amor não correspondido e muito sonhado, e hoje superado =)

 “Queria poder te dar meu sorriso inteiro,  ou talvez meu olhar mais profundo.
Queria poder te falar ao ouvido coisas que eu nem sei,
mas que ás vezes preenchem e iluminam os segundos.
Queria poder olhar o céu ao seu lado
e agradecer pelo não saber que nos rodeia
e que torna até o sabido desconhecido algo
digno de respeito e admiração, mesmo que não se conheça de fato…
mesmo que não haja explicação…
Poder enfim te fazer perceber que há algo maior que a vida
e que isso se demonstra quando os olhos se encontram.
E te tocar com um sentimento,  te mostrar com um beijo
te abrir a mente  e o seu coração com os olhos fechados…”

 

I love your delicate way

 

“E a doçura é tanta que faz insuportável cócega na alma. Viver é mágico e inteiramente inexplicável”.

Clarice Lispector

HOJE no TSD:  

Cherry Red – Bee Gees

Trecho legal da letra:

I wonder why (wonder why)
The stars that night shine big and bright for me 
I wonder why (wonder why)
She’s true to me the way that she will always be

Cherry red , sweeter than the honeycomb
Sweeter still when we’re alone 
Cherry red , my cherry red

 

-Música recomendada para:

Trazer uma nostalgia para si… pensar e formular sobre um passado em que não se viveu.

Ou ainda relembrar o que foi bem vivido 🙂

– Legal ouvir em/no:

Ouvir depois de um jantar, enquanto se lava delicadamente as taças de vinho.

-Sobre a música/banda:

Essa música eu ouvia aos domingos por meio dos meus pais, com seus velhos discos
empoeirados porém cheios de inigualável magia dos tempos passados. =)
 

Beijo no olho! ; ) E hasta outro dia santo

Baseado no trecho:
“I wonder why (wonder why)
The stars that night shine big and bright for me “:

“Além da Terra, além do Céu,
no trampolim do sem-fim das estrelas,
no rastro dos astros,
na magnólia das nebulosas.
Além, muito além do sistema solar,
até onde alcançam o pensamento e o coração,
vamos!
vamos conjugar
o verbo fundamental essencial,
o verbo transcendente, acima das gramáticas
e do medo e da moeda e da política,
o verbo sempreamar,
o verbo pluriamar,
razão de ser e de viver”.

Carlos Drummond de Andrade

Like good questions never asked

“Quem olha para fora, sonha; quem olha para dentro, desperta.” (Carl Young)

He-llo

E ai?

Moh tempo que não vinha aqui.. e isso me faz cair  naquele pensamento que vc tem que encontrar tempo para fazer o que gosta… porque senão… vai indo pela vida e quando vê, o tempo já foi e com ele a oportunidade de fazer as coisas que o fazem ou poderiam te fazer verdadeiramente feliz.

E esse é meio que o tema de hoje no TSD =)

HOJE:

Blessed To Be A Witness – Ben Harper

Trecho legal da letra:

Some have flown away
And can’t be with us here today
Like the hills of my home
Some have crumbled and now are gone
Gather around for today won’t come again
Won’t come again
 
So much sorrow and pain
Still I will not live in vain
Like good questions never asked
Is wisdom wasted on the past
Only by the grace of God go I
Go I
 
 
 

 Música recomendada para:

Ir pra praia, ou viajar… mas é recomendada para dias de verão, leves e soltos.

– Legal ouvir…

De manhãzinha…. com os raios de sol bem bonitos despontando =)

-Sobre a música/banda:

Bom… conheci essa musica em 2006, e ela faz parte do album “Diamonds on the inside” (2003) do Ben Harper.

Nesse album, além da faixa de mesmo nome, indicaria também She’s only happy in the sune  como um todo o cd tem um clima bem leve e pra mim praiano… bom pro verão.

Nessa musica em especial gosto muito do trecho que faz parte de um paragrafo bem reflexivo:

Gather around for today won’t come again
Won’t come again…

E apesar de obvio, e de sabermos disso desde que nascemos (a morte e os impostos são a unica certeza)… é uma verdade que teimosa e inocentemente, muitos de nós acaba por esquecer. =/

Por isso, como ainda não disse FELIZ 2012 aqui, fica essa a mensagem =) vamos aproveitar muito… como acho que já disse outras vezes – façamos da vida algo digno de um ser eterno! 

Se, ao fim de meus dias,
Continuar
Sem escutar, sem entender, sem atender,
Sem realizar o Cristo, que,
Dentro de mim,
Eu Sou,
Terei me perdido na multidão abortada
Dos perdulários dos divinos talentos,

Os talentos que a Vida
A todos confia,
E serei um fraco a mais,
Um traidor da própria vida,
Da Vida que investe em mim,
Que de mim espera
E que se vê frustrada
Diante de meu fim.

Se tudo isto acontecer
Terei parasitado a Vida
E inutilmente ocupado
O tempo
E o espaço
De Deus.
Terei meramente sido vencido
Pelo fim,
Sem ter atingido a Meta.

“Se” – Hermógenes

Hasta outro dia Santo minha gente!

Mas antes um outro textinho tbm que curto: 

Quase…

Ainda pior que a convicção do não e a incerteza do talvez é a desilusão de um quase.

É o quase que incomoda, que entristece, que mata trazendo tudo que poderia ter sido e não foi.

Quem quase ganhou ainda joga, quem quase passou ainda estuda, quem quase morreu está vivo, quem quase amou não amou.

Basta pensar nas oportunidades que escaparam pelos dedos, nas chances que

se perdem por medo, nas idéias que nunca sairão do papel por essa

maldita mania de viver no outono.

Pergunto-me, às vezes, o que nos leva a escolher uma vida morna; ou

melhor não me pergunto, contesto.

A resposta eu sei de cór, está estampada na distância e frieza dos

sorrisos, na frouxidão dos abraços, na indiferença dos “Bom dia”, quase que

sussurrados. Sobra covardia e falta de coragem até pra ser feliz. A paixão

queima, o amor enlouquece, o desejo trai. Talvez esses fossem bons motivos

para decidir entre a alegria e a dor, sentir o nada, mas não são.

Se a virtude estivesse mesmo no meio termo, o mar não teria ondas, os

dias seriam nublados e o arco-íris em tons de cinza. O nada não ilumina,

não inspira, não aflige nem acalma, apenas amplia o vazio que cada um traz

dentro de si.

Não é que fé mova montanhas, nem que todas as estrelas estejam ao alcance;

para as coisas que não podem ser mudadas, resta-nos somente paciência.

Porém, preferir a derrota prévia à dúvida da vitória é desperdiçar a

oportunidade de merecer. Pros erros há perdão; pros fracassos, chance;

pros amores impossíveis, tempo.

De nada adianta cercar um coração vazio ou economizar alma. Um romance

cujo fim é instantâneo ou indolor não é romance. Não deixe que a saudade

sufoque, que a rotina acomode, que o medo impeça de tentar.

Desconfie do destino e acredite em você. Gaste mais horas realizando que

sonhando, fazendo que planejando, vivendo que esperando porque, embora

quem quase morre esteja vivo, quem quase vive já morreu.

Luiz F. Veríssimo


I love your delicate way

Para as rosas, escreveu alguém, o jardineiro é eterno.

Machado de Assis

E ahe?

HOJE no TSD:  

The Feeling – Rose

Trecho legal da letra:

The chill in my veins
 Relieves me from pain
 Again and again 
I lose all control 
Your taking your toll 
And i’m no longer sane
 Dont be afraid 
The love that I show is the love that you made 
So dont be afraid 
‘Cos your in control 
I’m just your slave 

 

-Música recomendada para:

Romance… =)

“Oh I love ya
Especially today
Especially this way
Oh Rose”

– Legal ouvir em/no:

Momentos com chuva de final de tarde, edredon e querer, muito querer por alguém ^^

-Sobre a música/banda:

Eu conheci essa música através de uma propaganda de perfumes – Burberry Body – e achei que ela valia de ser 
compartilhada aqui no TSD =)
 
 

Beijo no olho! ; ) E hasta outro dia santo

Pra terminar uma musica que é praticamente um poema:
As Rosas Não Falam  – Cartola

Bate outra vez
Com esperanças o meu coração
Pois já vai terminando o verão,
Enfim

Volto ao jardim
Com a certeza que devo chorar
Pois bem sei que não queres voltar
Para mim

Queixo-me às rosas,
Mas que bobagem
As rosas não falam
Simplesmente as rosas exalam
O perfume que roubam de ti, ai

Devias vir
Para ver os meus olhos tristonhos
E, quem sabe, sonhavas meus sonhos
Por fim


And life might never get better than this


SALUT =)

A musica perfeita pra mim  é aquela que consegue trazer em si uma boa melodia com uma letra sublime e que combine.

Porém, como praticamente sempre na vida, nem sempre podemos encontrar a perfeição  se é que ela existe assim da maneira estática que imaginamos….porém é sempre bom pensar que muitas vezes os “defeitos” são capazes de nos fazer sentir coisas maravilhosas…

É assim que me sinto com a música de hoje:

HOJE no TSD:  

Frightened Rabbit – It’s Christmas So We’ll Stop

Trecho legal da letra:

And it’s warmer than you’d think
Yeah it is warm and it is thick
We all breathe out clouds
And are built to give at least once each year
And that’s better than never I guess
And life might never get better than this
It’s the perfect excuse for our natures to change
And wear shiny clothes

 
 
 
Música recomendada para:

Enxergar nos defeitos berço para possiveis virtudes, para dar uma pausa na vida… e para comer tudo o que se gosta, usar as roupas que se deseja… porque a cada minuto que passa é um minuto a mais de vida 

– Legal ouvir em/no:

Eu gosto de ouvir na cama antes de dormir, olhando pro teto ^^  ou pras luzes na cidade

-Sobre a música/banda:

Essa música é meio veinha. do ano de 2008, é de uma banda indie escocesa. 

O defeito dessa música pra mim, é que é sobre o Natal hahahha….não por SER de Natal hahaha é que gosto do ritmo dela, mas a melodia parece me dizer outra coisa heheh

Estava fazendo uma reflexão enquanto a ouvia, procurava umas fotinhos  e pensava em sua letra… e sabe… eu mesma já vivi isso, e acredito que todo mundo alguma vez na vida tenha passado por isso tbm:

Parece que no Natal tudo para.

Se vc tem um problema, vc tem que esquecê-lo, consertá-lo, superá-lo… porque afinal é Natal…

Se vc tem raiva, mágoa, ódio ou qualquer outro sentimento… parece que de alguma forma tudo tende a se dissipar,  numa tentativa de encarar as coisas de maneira positiva… mesmo que por hipocrisia, mesmo que por puro fingimento, ou não.. mesmo por esperança isso brota no nosso coração – essa vontade de ver tudo bom e feliz.

“And that’s better than never I guess
And life might never get better than this”

Será que nossas vidas não são boas o suficiente? Ou será que  somos nós que só somos capazes de enxergar os defeitos.. que só queremos medir o imponderável, querer o improvável.. . não sei…. só sei que  “Its Christmas so we’ll stop!” me faz querer que seja Natal todos os dias. =)

E essa é meio que a mensagem dessa música pra mim quando eu a escuto. Me faz lutar para manter em mim algo doce e puro aceso.

^^

Beijo no olho! ; ) E hasta outro dia santo

Pra fechar o pensamento e música do dia um poema, que pareceu entender o sentimento de hoje ^^

Poema de Natal

Vinicius de Moraes


Para isso fomos feitos:
Para lembrar e ser lembrados
Para chorar e fazer chorar
Para enterrar os nossos mortos —
Por isso temos braços longos para os adeuses
Mãos para colher o que foi dado
Dedos para cavar a terra.
Assim será nossa vida:
Uma tarde sempre a esquecer
Uma estrela a se apagar na treva
Um caminho entre dois túmulos —
Por isso precisamos velar
Falar baixo, pisar leve, ver
A noite dormir em silêncio.
Não há muito o que dizer:
Uma canção sobre um berço
Um verso, talvez de amor
Uma prece por quem se vai —
Mas que essa hora não esqueça
E por ela os nossos corações
Se deixem, graves e simples.
Pois para isso fomos feitos:
Para a esperança no milagre
Para a participação da poesia
Para ver a face da morte —
De repente nunca mais esperaremos…
Hoje a noite é jovem; da morte, apenas
Nascemos, imensamente.


You say you don’t want to know where this road goes

‘Eu te escolhi.
Outros me olhavam, outros pareciam talvez
até um pouco mais interessantes, mas eu escolhi você.
Que esquisito, eu já havia escolhido outros outras vezes.
Dessa vez tudo foi diferente, dessa vez não era tão simples assim,
dessa vez havia um diferencial tão complexo:
você me escolheu também.”
Maria Clara Machado

Como vai você?

HOJE no TSD:  Where our destination lies – Ben Gibbard

Trecho legal da letra:

You say you don’t want to know where this road goes
as you follow its twist and its turns
if i’m gonna be someone equally free
there are things that i must unlearn
i’d say it’s safe to sunrise there’ll be storms at times
cause you’re a wind so blustery and cold
and down our cheeks the rain will fall in sheets
‘til the sun warms us both

 

Música recomendada para:

Comer o  restante da massa de bolo, com o dedo…. olhar pela janela em dia de chuva, beijar alguém com carinho e lentamente ^^

– Legal ouvir em/no:

Tem cara de final de tarde, de raios de sol… em tardes de domigo amenas e cheirosas

-Sobre a música/banda:

Essa música foi indicada a mim pela minha mãe – ela assistia um filme chamado Artur e disse que pensou essa ser uma boa musica para o TSDM ^^

Bom, não consegui encontrar nada em especial sobre essa música, mas o fato que esse cantor é meio famosinho pela aquela Banda Death Cab for a Cutie – que fez parte da trilha sonora de Crepusculo e talz… enfim =) Música deles mais para baixo ^^

Sobre a letra, uma coisa que curti nessa música é a letra- relação que ela tem com a questão de relacionamentos… pois afinal quando começamos um, não se faz possível saber  a qual caminhos ele nos levará, e muito menos qual será o destino final..

É interessante e no mínimo curioso ver o desenrolar dessas histórias estradas…

Algumas chegam rapidamente com poucas lombadas e curvas ao final dito feliz.

Outras começam bem mas terminam sem nenhuma placa de aviso prévio na estrada… sem nenhuma advertência a estrada simplesmente chega ao fim….ou a uma rua sem saída.

Enquanto outras parecem logo de cara serem de terra e esburacadas, com tempestades e neblina no caminho. Podendo ser de finais felizes ou não….

Ai ai .. quanta reflexão ^^

A unica certeza é que as estradas nos levam sempre  a algum lugar…não diga? hahaha ah vá! e nesse percorrer o que se aprende, ganha, descobre é muito mais importante na maioria dos casos que o destino final.  

Como diz aquela  frase… mais importante que a chegada é o caminhar….

E assim vamos indo, a espera do dia de amanhã

Beijoooo e hastaaaaa


It’s time to find her way

Quando a chuva passar,
Quando o tempo abrir,
Abra a janela e veja:
Eu sou o Sol!

Oie, vem sempre aqui? = )

Eu que não to vindo =(

Essa música eu vim a conhecer quando estava nos EUA… e é uma música tão fofinha e gostosa de escutar que foi uma das que mais ouvi enquanto estava lá…

No TSD de hoje: Jamie’s Song – Jackson Waters

Trecho legal da letra:

Jamie was walking
as the sun fell to the ground
The bright lights were calling
The city was yelling
It’s time to find her way
But even the pouring rain
won’t keep her away,
keep her away, no
But even the pouring rain
won’t keep her away
Jamie’s been hiding,
hiding from the fears inside
But this old world’s controlling
the feelings that she’s holding
It’s time to find her way, yeah

  Música recomendada para:
Ter fé,  acreditar que você encontrará o caminho certo.

– Legal ouvir em/no:

Em casa… não é uma música extraordináriaaaa… mas quem disse que a vida é extraordinária em ações visíveis o tempo inteiro?

-Sobre a música/banda:

Nesse momento da minha vida essa música me faz lembrar de mim mesma =)….. isso porque essa música fala de medos, fala sobre sonhar e se arriscar com uma vida melhor….. fala que a cidade a estava chamando….e tbm sobre chuva – Como não pensar em Sampa City ?? hehehe Pra quem não sabe eu estudo no interior e tenho que voltar para a minha hometown, a viver com os meus pais, além de ter que encontrar o meu caminho…..=/

Me passa aquele sentimento que acho que todos os dias nós teremos que passar: o momento de enfrentar nosso destino.…  aquele momento em que  se chega a hora de lutar.

E você? A sua hora já chegou??

Uma coisa que eu acho interessante nessa música tbm é o trecho:  “Even the pouring rain wont keep her away…” e ai paro pra pensar quantas e quantas vezes a chuva já me impediu de chegar a lugares e concluir coisas. Não porque a chuva fosse muito forte – mas porque a coisa não se fez suficiente para enfrentá-la. ^^

Beijo e hasta outro dia santo!   

Antes de terminar por hoje, esse clássico do Legião: para lembrarmos que mesmo em tempos de chuva o sol há de chegar =)

Quando o sol bater

Na janela do teu quarto,
Lembra e vê
Que o caminho é um só,

Porque esperar
Se podemos começar
Tudo de novo?
Agora mesmo,

A humanidade é desumana
Mas ainda temos chance,
O sol nasce pra todos,
Só não sabe quem não quer,

Quando o sol bater
Na janela do teu quarto,
Lembra e vê
Que o caminho é um só,

Até bem pouco tempo atrás,
Poderíamos mudar o mundo,
Quem roubou nossa coragem?
Tudo é dor,
E toda dor vem do desejo,
De não sentimos dor,

Quando o sol bater
Na janela do teu quarto,
Lembra e vê
Que o caminho é um só

Puts on a smile and breathes it in and breathes it out…

Making my escape
Tell myself that
Everything’s in shape
But me How long can this take?
 Tell myself that
 Everything is great
Everything is great
Well how’m I doing?
…….The Great Escape – We are the Scientists

Oi-e

No TSD de hoje uma música que tenho ouvido bastante nos ultimos dias… a descobri sem querer estava ouvindo Build a Home (linda) e a vi no cantinho e o clipe chamou a atenção! Ahh que beleza… porque o que é essa voz?? O que é esse piano??

Trecho legal da letra:

Hey child, things are looking down.
That’s okay, you don’t need to win anyways.
Don’t be afraid, just eat up all the gray
and it will fade all away.
Don’t let yourself fall down.
 
Música recomendada para:

Nossa, essa música é tão bonita e triste ao mesmo tempo!! Ai caramba hahaha meu coração até dói –  me faz ter vontade de procurar o meu lugar de fuga, seja num lugar mesmo , seja em outro alguém… mas que fosse só e todo meu. É aquela música que parece trilha sonora de quando se perde e se encontra ^^

– Legal ouvir em/no:

Essa música é boa pra se ouvir só…independente da onde se esteja… como numa oração…. mas com o pensamento cheio de esperança e os olhos vislumbrando sonhos e grandiosidades….mesmo que pequenas e insignificantes sim atinge-se o grande através do pequeno…mas que valham por uma vida…=)

-Sobre a música/banda:

Essa música participou hhahaha de um episódio de Greys Anatomy e tbm foi trilha sonora do comercial abaixo hahahah que achei legal até.. tirando alguns detalhes capitalistas hahahha

Meu.. sério esse cantor é excelente! Tem uns videos dele muito feitos na coxa – tipo ele cantando no banheiro por causa da acústica.. e é lindo! procurem hahahah fica a dica ahe meu povo

O que gostei também nessa música é o sentimento tão humano que ela aborda… aquela vontade que nos dá (pelo menos uma vez na vida em circunstâncias extremadas) de fugir de tudo, fugir de você mesmo… rumo a algo melhor – sem medo, sem culpa, sem julgamentos….

Aproveito para colocar um texto que escrevi há muito tempo, que me lembrei agora ao escrever essas coisas todas….falou a escritora hahaha

“Às vezes ter pressa não adianta
Às vezes ter esperança não é o suficiente
Às vezes ter vontade não faz superar os limites….
Por isso quando o às vezes chega
É necessário fechar os olhos e imaginar o futuro
É necessário voltar ao passado e se emocionar, valorizar o vivido
É necessário compreender além do explicado
Sentir além do imaginado..
E por fim voltar a esperar, a crer, a desejar e a sentir
É abrir porém de uma nova forma, novamente os olhos.”

Hasta outro dia santo…outro dia…

Mas antes uma música de mesmo nome, totalmente duma vibe diferente – com um clipe interessante que eu curti! Eh a que a letra está lá em cima!


Porque não me deixei tentar vivê-la feliz

Te amo tanto e não sei mais
Como é que eu vou viver em paz
Se tudo que eu preciso
É respirar teu ar
Te amo tanto e sem querer
Mas sei que posso te perder
Pra alguém sem tanto amor
Mas sem temer falar
Ilusão – Sandy e Junior….grandes lembranças pré-adolescentes com essa música hahahaa-  diretamente do fundo do baú! =P

Oiii

E ai, meu? ^^

Hoje uma música que estou pra colocar aqui há bastante tempo, mas sempre esqueço… e ai a ouvi em algum lugar e pensei: de hoje não passa! ^^ 

Essa música geral conhece.. mas sei lá, sempre tem um desavisado hahaha =D

No TSD de hoje: Ilusión – Marisa Montes e Julieta Venegas

Trecho legal da letra:

Uma vez eu tive uma ilusão
E não soube o que fazer
Não soube o que fazer
Com ela
Não soube o que fazer
E ela se foi
Porque eu a deixei
Por que eu a deixei?
Não sei
Eu só sei que ela se foi

Mi corazón desde entonces
La llora diario
No portão
Por ella
No supe que hacer
Y se me fue
Porque la dejé
¿Por que la dejé?
No sé
Sólo sé que se me fue

Sei que tudo o que eu queria
Deixei tudo o que eu queria
Porque não me deixei tentar
Vivê-la feliz

É a ilusão de que volte
O que me faça feliz
Faça viver
Por ella no supe que hacer
Y se me fue
Porque la dejé
¿Por que la dejé?
No sé
Sólo sé que se me fue

Música recomendada para:

Todos os momentos… é uma música muito da fofinha!
Boa para fazer caminhada, ou para deitar na grama enquanto se observa o mundo e se ilude  hahaha ^^

– Legal ouvir em/no:

Eu acho essa música tipicamente aquela música que é multifacetada, isto é,  uma música que dificilmente alguém não irá gostar ^^ Primeiro porque é Marisa Monte, neh minha gente? E segundo porque é uma música agradável… assim sendo essa música tem cara de Pão de Açucar ou qualquer mercado de madrugada HAHAHHAHAHA ou mais popularmente  de Antena 1 fm  =P

-Sobre a música/banda:

Você não poderia morrer sem saber que o album dessa música foi lançado no dia do meu aniversário ^^ #mudousuavida – no dia 10 de junho, e que foi composta pela Julieta Venegas – cantora mexicana de relativo sucesso que acompanha a M.Monte! 

Esse album já é meio véinho…(2008)  mas meu, curti as músicas dela  ^^ é bem leve, gracioso e animadinho!

Sobre o tema do TSD de hoje: ilusão – meu… é uma coisa triste mas é fato, sempre existirá…

Ilusão às vezes parece nada mais do que a realização não-autorizada hahaha dentro da sua mente das suas expectativas e anseios  em alguém ou alguma coisa, e que em algum momento oportuno/decepção vem a aparecer para te mostrar o quão idiota um ser pode ser hahahahaha….

Me vieram a mente algumas coisas sobre o tema: 

1- A ilusão é o  primeiro de todos os prazeres – Oscar Wilde

2- A distinção entre passado, presente e futuro é apenas uma ilusão teimosamente persistente. Albert Einsten

3- É fazer na realidade o mesmo que se faz nesses desenhos em que se fica tentando achar coisas que podem existir ou não: Aooo Ilusão! hahaa

 

 

4- i.lu.são (s.m.):

 

 
"CoiSa Legal"

 

1* É quando a principio vc via/achava uma coisa legal e…

"CoiSa Legal"

2*Agora não a vê. 

hahaha que merda!! hahaha 

…E assim vamos nos indo por hj, mas antes um pouquito de Cecília!

Hasta la vista….

Despedida

Por mim, e por vós, e por mais aquilo 
que está onde as outras coisas nunca estão, 
deixo o mar bravo e o céu tranqüilo: 
quero solidão. 

Meu caminho é sem marcos nem paisagens. 
E como o conheces? – me perguntarão. 
– Por não ter palavras, por não ter imagens. 
Nenhum inimigo e nenhum irmão. 

Que procuras? Tudo. Que desejas? – Nada. 
Viajo sozinha com o meu coração. 
Não ando perdida, mas desencontrada. 
Levo o meu rumo na minha mão. 

A memória voou da minha fronte. 
Voou meu amor, minha imaginação… 
Talvez eu morra antes do horizonte. 
Memória, amor e o resto onde estarão? 

Deixo aqui meu corpo, entre o sol e a terra. 
(Beijo-te, corpo meu, todo desilusão! 
Estandarte triste de uma estranha guerra…) 
Quero solidão.

Cecília Meireles

You will shelter me, my love…and I will shelter you

I wanna love you,  love and treat you right
I wanna love you every day and every night
We’ll be together , with a roof right over our heads
We’ll share the shelter of my single bed
We’ll share the same room yeah, oh jah provide the bread

He-llo

E cá estamos, firmes e fortes a ouvir lindas musicas e refletir na vida

A musica de hoje é dahora…. a voz do cara, principalmente: arrasa!

HOJE no TSD: Ray LaMontagne- Shelter

Trecho legal da letra:

Has anybody ever made such a fool out of you?
It’s hard to believe it
Even as my eyes do see it
The very things that make you live are killing you
Listen when all of this around us’ll fall over
I tell you what we’re gonna do
You will shelter me my love
I will shelter you
Listen when
All of this around us’ll fall over
I tell you what we’re gonna do
Hey you will shelter me my love
I will shelter you
 
 
 
Música recomendada para:

Acho que essa música tem cara de aconchego… e pra mim me passa uma certa dorzinha pq me lembra de um amor antigo hahahahaha

– Legal ouvir em/no:

Em casa…. tomando um chá, se preparando para ler um livro, ou como despertador de celular…..

-Sobre a música/banda:

Eu tenho um pouco de dó desse cantor.. hauhauhauhaua, ele canta bem e apesar de ser moh famoso até nos EUA, ele num faz mto sucesso por aqui… = (

Ray LaMontagne é particularmente conhecido por sua voz rouca, e diz a lenda a sua  afinação da voz vem do diafragma e não do nariz, como acontece com outros cantores.

E assim vou-me indo.. mas antes vou colocar uma cronica que gosto muito, novamente do Vinicius de Morais, que tem tantas coisas graciosas, detalhes interessantes do relacionamento ^^acho que vcs podem gostar!

Hasta outro dia Santo minha gente!

Porque você é uma menina com uma flor e tem uma voz que não sai, eu lhe prometo amor eterno, salvo se você bater pino, o que, aliás, você não vai nunca porque você acorda tarde, tem um ar recuado e gosta de brigadeiro: quero dizer, o doce feito com leite condensado.

E porque você é uma menina com uma flor e chorou na estação de Roma porque nossas malas seguiram sozinhas para Paris e você ficou morrendo de pena delas partindo assim no meio de todas aquelas malas estrangeiras.

E porque você sonha que eu estou passando você para trás, transfere sua d.d.c. para o meu cotidiano, e implica comigo o dia inteiro como se eu tivesse culpa de você ser assim tão subliminar. E porque quando você começou a gostar de mim procurava saber por todos os modos com que camisa esporte eu ia sair para fazer mimetismo de amor, se vestindo parecido. E porque você tem um rosto que está sempre um nicho, mesmo quando põe o cabelo para cima, parecendo uma santa moderna, e anda lento, e fala em 33 rotações mas sem ficar chata. E porque você é uma menina com uma flor, eu lhe predigo muitos anos de felicidade, pelo menos até eu ficar velho: mas só quando eu der uma paradinha marota para olhar para trás, aí você pode se mandar, eu compreendo.

E porque você é uma menina com uma flor e tem um andar de pajem medieval; e porque você quando canta nem um mosquito ouve a sua voz, e você desafina lindo e logo conserta, e às vezes acorda no meio da noite e fica cantando feito uma maluca. E porque você tem um ursinho chamado Nounouse e fala mal de mim para ele, e ele escuta e não concorda porque ele é muito meu chapa, e quando você se sente perdida e sozinha no mundo você se deita agarrada com ele e chora feito uma boba fazendo um bico deste tamanho. E porque você é uma menina que não pisca nunca e seus olhos foram feitos na primeira noite da Criação, e você é capaz de ficar me olhando horas. E porque você é uma menina que tem medo de ver a Cara-na-Vidraça, e quando eu olho você muito tempo você vai ficando nervosa até eu dizer que estou brincando. E porque você é uma menina com uma flor e cativou meu coração e adora purê de batata, eu lhe peço que me sagre seu Constante e Fiel Cavalheiro.

E sendo você uma menina com uma flor, eu lhe peço também que nunca mais me deixe sozinho, como nesse último mês em Paris; fica tudo uma rua silenciosa e escura que não vai dar em lugar nenhum; os móveis ficam parados me olhando com pena; é um vazio tão grande que as mulheres nem ousam me amar porque dariam tudo para ter um poeta penando assim por elas, a mão no queixo, a perna cruzada triste e aquele olhar que não vê. E porque você é a única menina com uma flor que eu conheço, eu escrevi uma canção tão bonita para você, “Minha namorada”, a fim de que, quando eu morrer, você, se por acaso não morrer também, fique deitadinha abraçada com Nounouse cantando sem voz aquele pedaço que eu digo que você tem de ser a estrela derradeira, minha amiga e companheira, no infinito de nós dois.

E já que você é uma menina com uma flor e eu estou vendo você subir agora – tão purinha entre as marias-sem-vergonha – a ladeira que traz ao nosso chalé, aqui nessas montanhas recortadas pela mão de Guignard; e o meu coração, como quando você me disse que me amava, põe-se a bater cada vez mais depressa.

E porque eu me levanto para recolher você no meu abraço, e o mato à nossa volta se faz murmuroso e se enche de vaga-lumes enquanto a noite desce com seus segredos, suas mortes, seus espantos – eu sei, ah, eu sei que o meu amor por você é feito de todos os amores que eu já tive, e você é a filha dileta de todas as mulheres que eu amei; e que todas as mulheres que eu amei, como tristes estátuas ao longo da aléia de um jardim noturno, foram passando você de mão em mão até mim, cuspindo no seu rosto e enfrentando a sua fronte de grinaldas; foram passando você até mim entre cantos, súplicas e vociferações – porque você é linda, porque você é meiga e sobretudo porque você é uma menina com uma flor.